Sobre Hollard em Moçambique

Conheça a Hollard Mozambique, os nossos parceiros de seguros e o que a companhia de seguros Hollard representa.


Resumo do sector dos seguros no país

A subscrição da actividade seguradora em Moçambique começou formalmente nos inícios do século XX.

Após a independência de Moçambique em 1975, foi criada uma nova seguradora do Estado na sequência da nacionalização da infra-estrutura das companhias de seguros que funcionavam no mercado nessa altura.

Infelizmente para a nova nação, à guerra da independência sucedeu imediatamente uma longa guerra civil que destruiu muito violentamente o país. Nos primeiros anos da década de 90, como parte da estratégia para acabar com a guerra civil, o Governo de Moçambique iniciou um processo de reformas políticas e económicas. A nível da economia, foi iniciado um processo de reestruturação económica e de liberalização do mercado. No sector dos seguros, isso levou ao fim do monopólio do Estado e deu lugar ao reaparecimento das companhias de seguros do sector privado e à autorização do funcionamento dos serviços de corretagem de seguros. Após o fim do monopólio estatal dos seguros, os deveres da supervisão deste sector passaram para o Ministério das Finanças.

Em 1999, o Governo de Moçambique promulgou um texto legislativo que abriu caminho para a criação de um organismo regulador dos seguros, a Inspecção Geral de Seguros (IGS). Com a última reforma do enquadramento regulador dos seguros, o mandato do organismo regulador foi ampliado. Esta entidade mais autónoma obteve outro nome: Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM).

O actual sector dos seguros

Após o fim do monopólio estatal, o sector dos seguros foi-se aperfeiçoando. Moçambique continua ainda a introduzir-se devagar no sector dos seguros. No entanto, nos últimos cinco anos tem havido um grande crescimento e existem actualmente cerca de oito companhias de seguros no país.

Seguros obrigatórios em Moçambique

Existem duas classes principais de seguros obrigatórios em Moçambique.

Em primeiro lugar, é obrigatório obter um seguro numa companhia de seguros registada no país, como a Hollard Mozambique, de responsabilidade civil perante terceiros em relação a qualquer veículo que circule nas estradas nacionais, quer o veículo esteja registado dentro ou fora do país. Para os veículos registados fora do país, a Hollard possui uma rede de agentes autorizados que podem emitir esse seguro em qualquer ponto principal de entrada em Moçambique.

Em segundo lugar, todas as actividades e organizações são obrigadas a possuir um seguro de indemnização por acidente de trabalho que cubra os seus trabalhadores no caso de um acidente de trabalho.

A Hollard em Moçambique

A Companhia de Seguros Hollard Mozambique, uma companhia de seguros de curto prazo moçambicana, e uma filial da Hollard Insurance Company Ltd of South Africa, foi criada em 2001. A Hollard Vida, a filial de seguros vida da Hollard Mozambique, começou a funcionar com uma licença à parte em 2008. Embora os seguros vida e não vida da Hollard tenham licenças distintas, a actividade é gerida por uma equipa de gestão comum.

No sector de intermediação de seguros, existem mais de 40 corretores de seguros e várias agências de seguros. Actualmente, a Hollard Mozambique lida com as dez principais agências presentes em Moçambique e com outras empresas de corretagem credíveis que começaram a aparecer.

Além da sede oficial situada em Maputo, a Hollard Mozambique possui várias agências nas principais cidades como a Beira, Nampula e Tete. Contamos também com uma rede de agentes presentes em todos os principais postos fronteiriços.